12/08/2017

Resenha - Lavínia e a Árvore dos Tempos

Sinopse:


Se você se visse cercado por seres nunca vistos antes, como uma fada homem rabugenta, que carrega uma peixeira e detesta humanos? Aconteceu com Lavínia, uma menina de nove, quase dez anos, um pouco diferente das meninas de sua idade que teve sua vida transformada, ao receber uma fada distinta a qualquer criatura mágica conhecida. Laus detestava seres humanos, e por esta razão, teria de cumprir pena ao seu lado por todos os males feitos contra os mesmos. O que seria um presente para a menina era um castigo para ele, que para entrar no nosso mundo teve que tocar seu dedo num livro que o transformaria em um típico morador da região escolhida. Mas, por engano, tocou num lugar bem oposto à terra da menina. Assim, seu nome, sua varinha, suas roupas, se modificaram completamente. Laus passou a ser Lorivaldo, e sua varinha, uma peixeira. Juntos, vão desvendar os segredos da imponente Árvore dos Tempos, que dá pergaminhos no lugar de frutos, e onde surgem nomes de pessoas importantes para a história da humanidade. O que pode revelar traços de coisas misteriosas e em comuns que há entre os dois e o mundo dos quais pertencem.


Autor: Lucinei M. Campos

Ano: 2014

Gênero: Literatura infantojuvenil / fantasia

Avaliação: 5/5

Páginas: 234

Editora: Independente 

Onde comprar: Lavínia e Árvore dos Tempos (Livro 1): No Amazon / ou com o autor.

Lavínia e a Magia Proibida (Livro 2): No Amazon / ou com o autor.

Violeta não Sabe Amar:  Disponível na Amazon

#euleionacional


RESENHA


Lavínia é uma menina de quase 10 anos de idade, sua rotina é sempre a mesma, acorda pela manhã e toma seu café com os pais. Depois segue para a escola, onde definitivamente não gosta de ir, pois é constantemente caçoada pelos colegas de classe e sofre diversos tipos de bullying. O que era para ser um lugar de aprendizado e de fazer novas amizades, virou um total pesadelo. O intervalo chegava e se refugiava perto da casa do caseiro da escola. Foi então que cansada de tudo e super triste pela sua vida escolar, chorou muito e foi aí que tudo mudou, recebeu a visita de um pássaro verde. Ela nem imaginava que aquele pássaro iria transformar sua vida. 


"Não sabia explicar o porquê, só que algo havia mudado e não se lembrava mais do que a entristecera."  

Bem longe dali ficava o Castelo Poente, onde habitavam seres mágicos, fadas, ninfas, faunos, goblins, duendes etc. Em uma sala estava sendo julgada uma fada chamado Laus, que fez muitas coisas erradas e finalmente havia sido capturado. Celina uma anciã foi a responsável por tomar a decisão sobre o caso de Laus, e essa decisão o ligou diretamente com Lavínia. Ela seria sua faduária e teria que protegê-la por um ano, caso não fizesse isso, seria enviado para a prisão do Tártaro. Laus era uma fada que odiava humanos e não tinha nenhuma simpatia, resumindo não se parecia em nada com as fadas que vemos nas telas. Se transformando em humano, virou um homem tipicamente nordestino e sua tão amada varinha, foi substituída por uma peixeira. E seu nome agora era Lorivaldo.


"_ Uma peixeira. Foi isso, foi? Isso é demais para mim! _ choramingou."


Depois de acertarem como será sua relação com Lavínia, chegou o momento das apresentações e que fada nada simpática rsrs assustou a menina e falou na lata que era sua fada, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Se instalou em seu quarto e disse que se precisasse dele, era só chamar e ponto final. No decorrer do livro vamos vendo o desenrolar da convivência deles, um se adaptando a realidade do outro. Lavínia em um primeiro momento não sabia como lidar com ele e depois foi pegando o jeito. Deseja coisas muito simples, para quem tinha uma fada que poderia realizar tudo que quisesse.

Quando contou ao seu único amigo chamado Léo sobre sua fada, o menino ficou encantado e começou a pedir coisas para Lorivaldo. E para ele tudo estava sendo uma verdadeira aventura. E essa aventura continuaria na viagem que iriam fazer de férias, nela Lavínia entenderá tudo o que envolve a relação dela com esses seres mágicos. Afinal conseguiu ver e escutar coisas que para uma humana não era normal. Uma longa jornada começaria para a pequena Lavínia e nem imaginava que tinha tanta importância, já que sua vida não tinha muitas emoções.

"Use a magia, mas nunca se esqueça que mais forte que a força visível aos olhos, é aquela invisível às mentes fracas e escassas de esperança."  


A escrita do Lucinei é bem fluída e de fácil compreensão, as páginas vão passando e você vai se encantando pelos personagens. Mesmo sendo um livro protagonizado por um criança é lindo o desenvolver da relação dela com Lorivaldo, ele já um adulto, aprendeu muitas coisas com Lavínia, uma menina. Os diálogos entre os dois são divertidos e emocionantes, é uma troca constante entre a fada e a humana. A mistura dos mundos e todos os segredos que envolve, os uniu bastante. 

Para Lavínia será decepcionante descobrir que sua fada é um prisioneiro e que odeia humanos, mas seu coração já o colocou em um espaço bem especial. O final nos guardará várias surpresas, um ser mágico que foge com sede de vingança não é nada legal e Lavínia carregando consigo uma grande missão. O livro dois, promete grandes emoções aos leitores e logo trago a resenha de Lavínia e a Magia Proibida. 

A diagramação do livro é linda e a capa é um ponto alto da história, onde Lavínia vai entender o porque consegue ver os seres mágicos e quem é Lorivaldo de verdade. As cenas finais são bem trabalhadas, traçando emoção e expectativa sobre o que vai acontecer. Na medida certa, sem muito estardalhaço, já que é um livro infantojuvenil. Mesmo sendo contido, ainda assim nos deixa bem a vontade com  a leitura e torcendo para que tudo se resolva. Concluindo nos deixando com vontade de ter alguém nos protegendo ou quem sabe tentando rsrs, é um livro que inspira a ingenuidade e nos leva de volta a infância, onde acreditávamos nesses seres. Fora que nos mostra uma outra perspectiva do folclore brasileiro, simplesmente genial e uma grande ajuda para nossa cultura.

Recomendo para todos que adoram um livro com pitada de fantasia e magia e sob a visão de uma menina corajosa e cheia de esperança. Fiquei admirada com ela, por saber lidar tão bem com a fada rabugenta e não ficar morrendo de medo das coisas que vê, afinal ninguém conversa com o curupira hahaha. Acredito que depois dessa experiência, Lavínia vai chegar, chegando na volta ás aulas. Leiam e se divirtam com esse livro fofo. ❤

18 comentários:

  1. Oi, Rackel!
    Eu amo fantasias. Logo, irei conferir esse livro sim. Vi muitas resenhas positivas a esse livro e outras obras do Lucinei.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Concorra ao livro Depois do Fim autografado

    ResponderExcluir
  2. Essas histórias de magia me encantam! Fiquei louca para ler!

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Rackel
    Eu confesso que não sou a maior fã dos livros de fantasia.Mas esse livro tem uma proposta bem legal.
    Fiquei muito curiosa (Até o Curupira aparece 😮)

    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  4. Oie
    Pela sua descrição o livro parece ser muito bom de ler, eu adoro livros mais leves e de fantasia.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que livro mais amor! Adorei a capa dele e a diagramação parece muito bem caprichada, amei! Sua resenha ficou extremamente bem escrita, geralmente é um pouco mais complicado resenhar livros infantojuvenis, mas voce fez isso muito bem. Adorei!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Rackel!! Que fantasia bacana! Adorei a premissa, uma fada com peixeira hehehhee parece ser ótimo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oie Rackel =)

    Já li uma resenha desse livro e achei a premissa uma graça em especial para o publico mais juvenil.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  8. É a segunda vez que vejo sobre esse livro. Ele parece super amor e já tenho muita vontade de ler. Adorei os quotes :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  9. Ah, gente, que bonitinho!
    Adorei a dica, vou indicar para as minhas sobrinhas.
    E achei a capa linda!
    Adorei saber da relação da Lavínia com um adulto e dos diálogos divertidos entre eles.
    Muito fofo!

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, Rackel.
    Achei a premissa do livro muito interessante para os leitores mais jovens. Infelizmente nesse momento estou com um pé atrás com livros do gênero e vou deixar para ler futuramente. Ainda mais que não é livro único hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi, Rackel!
    Parece ser m livro muito bom e com uma história muito fofa! Quem sabe eu leia, né?^^
    Amei muito sua resenha!
    Beijo

    Canastra Literária | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    A escola realmente é um lugar muito difícil. Eu achei a capa do livro fofa e a resenha também.
    Beijos!
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  13. Já amei o livro, vou ler com certeza, me identifiquei com Lavínia quando tinha a idade dela

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi, Rackel. É tão legal ver livros bem divertidos e fantasiosos onde os personagens são crianças, geralmente não leio histórias do tipo mas fiquei encantada com essa premissa.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Rackel,
    Adorei a dica, parece ser um livro bem interessante!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  16. Olá Rackel!

    Esse livro me parece super fofo! Eu amo histórias que mostram crianças, sempre acho que elas tem muito a nos dizer. Adorei a resenha!

    Beijos

    Vivian

    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  17. Oi Rackel.
    O livro parece ser bem interessante, e para o publico a que se direciona deve agradar em cheio. Gostei muito da sua resenha. Bjus
    Doces Letras

    ResponderExcluir
  18. Olá Rackel! Passando para agradecer as suas palavras e o carinho com a minha menina! Beijos e muito sucesso!

    ResponderExcluir