29/05/2017

Resenha - D' Votion

Sinopse:

As ruas de Grays Harbor escondem um assassino. Mulheres jovens estão morrendo e sendo abandonadas pela cidade. Mas, o agente do FBI, Hector Parker, está disposto a fazer de tudo para identificar o assassino. Porém, uma das mortes o destruiu: Evangeline Parker, grávida de cinco meses. Uma nota junto ao corpo de sua amada esposa: Eu sei que está atrás de mim, mas jamais me encontrará. Eu sei quem você é, mas não sabe quem eu sou. Então, ele jurou vingança. 
“Eu sei que está atrás de mim, mas jamais me encontrará. Eu sei quem você é, mas não sabe quem eu sou.” As investigações os levam até a Boate D’votion, onde um clube BDSM funciona nos seus andares superiores. O dono, Marcus King, e os outros membros do clube, se tornam os suspeitos do FBI. Oito mulheres já foram mortas. O FBI precisa encontrar o assassino, antes que ele encontre a sua próxima vítima.




Autora: Julie Lopo

Ano: 2016

Gênero: Literatura Erótica

Páginas: 249

Editora: PL

Onde comprar: Editora Planeta Literário / Saraiva / Amazon 

#euleionacional

Avaliação: 4/5

Série D'Votion 1

RESENHA


Marcus, Justin e Nataly foram criados juntos num orfanato. Os dois foram adotados, menos ela. Então ela jurou que não se entregaria a ninguém emocionalmente. Graças a Marcus, que considera um irmão tem uma casa, carro e um emprego na sua boate D'Votion, onde participa ativamente do clube BDSM. 

Tudo estava calmo, mas aparece um serial killer pela cidade, matando mulheres e as abandonando em vários pontos estratégicos, sempre da mesma forma, tomada banho e com os braços cruzados acima dos seios. Nas investigações tudo leva a crer que o assassino pratica BDSM e o único clube da cidade é o D'Votion, então o agente Hector Parker começara ali sua investigação. Sua sede de vingança é muito grande, já que sua esposa foi uma das vítimas. 

Nataly é uma mulher independente e não se apega ou é o que ela acha, a homem nenhum. Trabalha no bar do clube e adora o mundo que vive. A liberdade de dormir com quem quiser e sempre saciar seu lado dominadora. Opção não falta a ela, já que no clube tem vários aos seus pés. Félix, Gabriel, Justin etc. Marcus não gosta muito de ver sua irmã sendo tão desejada, mas sabe que ela é bonita e principalmente não deixa que se metam nas suas decisões. 

Em uma noite acontece uma agressão dentro do clube, uma das submissas foi agredida dentro dos reservados. Ela dizia a palavra de segurança e não era ouvida por seu dominador. Então Nataly intervem e conhece Joana, que vai ser uma amiga para ela. Foi nessa parte que notei o porque não sou muito fã de histórias com BDSM, mas o que me permitiu terminar a leitura foi o cenário diferente que a autora criou. A todo momento você quer saber quem é o assassino e fiquei chocada como ele mata as mulheres, é horrível. 

Agora quanto aos homens do livro, não entrarei em detalhes pois no caso vocês tem que ler o livro para dar o palpite sobre qual deles é o assassino. #semspoiler

Marcus como já disse é irmão de Nataly, a ajudou muito dando-lhe casa, carro, amor e emprego. É sério, superprotetor. Dono da D'Votion manda e desmanda em tudo, não há nada que aconteça ali, que ele não saiba. Félix teve um caso breve com Nataly, mas nunca a esqueceu. Sabe todos os seus desejos e vontades e a parte fofa e engraçada do livro, ficou em suas mãos. Connor é um dos frequentadores do clube e amigo deles, entra em desespero quando sua namorada some sem deixar notícias. Gabriel é médico e joga com Nataly, ele é carinhoso com ela e sempre aparece com uma surpresa. Justin fora criado com ela no orfanato, mas nunca a viu como irmã.

Quando Aaron chega ao clube para investigar fica impressionado pelo aparatos usado no local e a quantidade de frequentadores. Tudo o que acontece ali é passado para Hector, que sente que estão deixando algum ponto decisivo passar. Então decide se aproximar de Nataly para arrancar informações importantes do suspeito. Mas ao entrar de cabeça nessa missão verá que pode seguir em frente na sua vida e que sua esposa ia gostar de vê-lo refazendo a sua vida.

Quanto ao final de toda essa loucura, volto a afirmar que o que me prendeu a esse livro foi a escrita da autora e como ela magicamente conseguiu esconder muito bem o seu assassino. Sério, se fosse mais um livro erótico sobre BDSM eu não continuaria. Mas sabe quando a autora coloca conteúdo na história, foi isso que me fez ler ele rapidamente. Pois a trama central era: O que o assassino quer? Qual era a ligação das vítimas com ele? E o que o levou a cometer tais atrocidades? Claro, que nenhuma justificativa será plausível.

Se eu pudesse colocava um trecho das mortes aqui para lerem, mas seria um baita spoiler e não queremos isso. As cenas são bem descritas e realistas. 14 mulheres violentadas e mortas por um psicopata, que tem conhecimento muito grande do BDSM. Lembrando que é uma história e que nem todos os praticantes são assim, então muito cuidado ao se envolver nisso. 
A cada página você nota o cuidado e muita pesquisa que a autora deve ter feito para escrever sobre esse tema tão polêmico. E o que digo para você que como eu pode ter um pé atrás com romances eróticos, não julgue pela capa e muito menos o gênero.

Fim instigante, criativo, original, inesperado e hiper chocanteee. Vamos ficar com raiva do assassino? Simmm, mas o que acontece com ele, desculpe, mas foi muito merecido e justo. Foi o melhor desfecho da vida. E claro nossos protagonistas também cada um vai ter seu caminho definido e gostei das escolhas feitas e do amadurecimento que essa situação causou em todos eles. Agradeço a Editora Planeta Literário pelo envio do livro e claro a autora Julie Lopo por inovar com o gênero, trazendo uma proposta única. ❤



O livro é lindo, capa escura com letras vermelhas e brancas e por dentro, temos folhas num tom mais escuro e com divisórias a cada capítulo de folhas pretas com pegadas. Super coincidente com a história contada. A diagramação ficou perfeita 💚

REDES SOCIAIS:


Fanpage da autora

Wattpad

Site da autora


23 comentários:

  1. Oi Rackel, sua linda, tudo bem?
    Eu sou muito romãntica, por isso me sinto desconfortável com livros sobre BDSM. Só por esse motivo não leria. Porque realmente a parte investigativa chamou minha atenção, fiquei curiosa para descobrir quem é, já que parece ser um deles. Para os fãs, deve ser uma boa leitura. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Rackel, tudo bom?
    Esse livro não faz meu tipo de leitura. Até gosto de fugir da zona de conforto nos gêneros literários, mas tô cansada de ver BDSM em livro. Quando aparecer algum tema mais inédito eu talvez me arrisque.
    Ótima resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Rackel, tudo bom?
    Esse livro não faz muito meu estilo de leitura, mas, apesar disso eu leria pela parte investigativa que parece ser muito bem elaborada.
    Adorei sua resenha, anotei a indicação.

    Um abraço!
    Jéssica Burgos - http://www.clubedofarol.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá, poxa nunca li um livro com essa premissa fiquei bem interessada em conhecer.

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá Rackel
    Olha confesso que quando comecei a ler pensei huuuuummmm hot... Mas sua excelente resenha me fez ficar instigada!
    Primeiro porque a narrativa é interessante do ponto de vista thriller policial, depois pelo amadurecimento dos personagens e por fim pelo final inesperado.
    Linda a edição do livro!
    Vou colocar na lista dos desejados.
    Bjs Luli
    https://cafecomleituranarede.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Rackel, tudo bem? Eu confesso que adoro um livro erótico ehehehhee e se tiver história é melhor ainda, muito melhor <3 Já coloquei na minha lista de leituras!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Gostei da resenha Rackel, porém confesso que a temática do livro não me atraiu. Não curto muito esse lance de BDSM. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    A história parece super interessante, eu adoro esses suspenses e investigações, parece que da um up em qualquer narrativa!
    Beijão
    www.a-toca.com

    ResponderExcluir
  9. É muito bom que além da história ser ótima, a autora se preocupa em colocar um conteúdo rico e bem pesquisado na escrita :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, Rackel.
    Eu achei o enredo do livro muito interessante. Como fã de livros policiais não tem como não ficar aqui na curiosidade para saber quem é esse assassino. Mas por outro lado o cenário é um que não me agrada. Não gosto muito de eróticos e ainda mais quando tem BDSM. E mesmo você falando que a história tem conteúdo, não sei se é um livro que lerei.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Amei sua resenha Rackel, super completa e bem detalhada. Nunca li livros assim, confesso que os meus favoritos são os de drama com romance. ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Rackel,

    Não conhecia o livro, confesso que a premissa dele me deixou curiosa, mas não me cativou para ler nesse momento.
    Quem sabe futuramente.

    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  13. Simplesmente adorei a premissa, fiquei interessado e quero muito ler.
    É bom quando fogem do clichê.
    brancobolcado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, Rackel!
    Fiquei curiosa com relação a personalidade da protagonista e ao desfecho do livro! Ainda não conhecia essa história, e confesso que deu vontade de ler! Gosto de finais surpreendentes! :)

    Beijos!
    Eli - Leitura Entre Amigas
    http://www.leituraentreamigas.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Rackel!
    Nossa! Que impactante essa história hein? Já quero porque amo histórias assim.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson

    ResponderExcluir
  16. Oi Rackel

    Apesar de não curtir o estilo literário, a sua resenha me chamou a atenção para o enredo.
    Quem sabe algum dia eu confira.

    Beijos.
    Alana Marques
    http://colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Eu não sei se sou fã desse tipo de leitura, mas gostei da resenha, acho que leria só pra saber quem é que está matando as mulheres rs Amo um suspense!

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem? Não costumo ler livros desse tipo, mas para quem gosta parece ser uma boa pedida... Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  19. Eitaaa que eu gostei da premissa do livro. Acho que eu leria sim!!

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  20. Oi Rackel,
    Parece uma ótima leitura, eu gosto de romances e com um assassinato, as coisas ficam mais instigantes mesmo.
    Adorei saber que o final é criativo também.
    Quero ler!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, Rackel. Eu acho o tema BDSM bem batido já, mas a proposta da autora é muito diferente e bem interessante. Fiquei chocada ao saber que existem tantos personagens e um possível assassino. Com certeza vou dar uma conferida na história.
    Beijo!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir